6 tipos de câncer causados pelo HPV

O papiloma vírus humano é um grupo de mais de 200 vírus comuns no mundo inteiro.

Mais de 40 destes vírus podem facilmente se disseminar pela pele e mucosas de uma pessoa infectada para a pele e mucosas de uma pessoa saudável através do contato sexual direto. Subtipos de HPV de baixo risco raramente causam câncer, mas podem causar verrugas nos genitais e ânus de homens e mulheres, além de causar verrugas no colo uterino e vagina de mulheres.

Existem pelo menos 13 tipos de HPV relacionados ao câncer e são chamados de subtipos de alto risco.

Abaixo estão diferentes tipos de câncer relacionados ao HPV. Nos EUA, subtipos de HPV de alto risco são responsáveis por 3% de todas as neoplasias em mulheres e 2% de todos os casos de câncer em homens.

1. Câncer de Colo de útero

É o terceiro tipo de câncer mais frequente na população feminina no Brasil, atrás do câncer de mama e do colorretal, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.
Praticamente todos os casos de câncer de colo de útero nos EUA são relacionados ao HPV e é um dos problemas de saúde mais relacionados a estes vírus. Estudos em mulheres brasileiras observaram que o HPV estão presente em 91% dos casos de câncer de colo uterino. Este câncer pode ser facilmente evitado e detectado precocemente através dos exames ginecológicos de rotina. Entretanto, se a mulher não faz estes exames de rotina, pode se tornar uma doença de difícil tratamento. Os sintomas só aparecem na doença em estágios avançados, por isso a importância de se realizar os exames de rotina quando os primeiros sinais da doença podem ser detectados.

2. Câncer de Vulva

O câncer de vulva (é a parte externa da genitália feminina) é raro e não possui teste de prevenção estabelecido. Em torno de 69% de todos os casos de câncer de vulva nos EUA são relacionados ao HPV.

3. Câncer de Vagina

Cerca de 75% dos casos de câncer de vagina nos EUA são relacionados ao HPV. As alterações pré-malignas são identificadas no mesmo exame preventivo do câncer de colo uterino. A detecção precoce é fundamental para tratar com sucesso esta neoplasia.

4. Câncer de Pênis

Em torno de 63% dos casos de câncer de pênis nos EUA são relacionados ao HPV. No Brasil, o HPV foi encontrado em 50% dos casos de câncer de pênis. É comum em homens infectados pelo HIV e que têm relações sexuais com outros homens. O câncer inicia embaixo do prepúcio do pênis, onde o vírus encontra ambiente favorável para a sobrevivência e nesta região pode ser detectado precocemente. Entretanto, ainda não existe um teste de diagnóstico precoce que seja padronizado neste tipo de câncer.

5. Câncer Anal

Câncer anal é comum em homens infectados pelo HIV e que têm relações sexuais com outros homens. Aproximadamente 91% dos casos de câncer anal em homens e mulheres nos EUA são relacionados a infecção pelo HPV. Teste de rastreamento regular não é recomendado, mas alguns especialistas sugerem a realização de um exame de coleta de amostras de células da região anal como prevenção em pessoas em situação de alto risco para esta neoplasia. Este grupo inclui pacientes infectados pelo HIV, homens que têm relações sexuais com outros homens, mulheres que já tiveram câncer de colo de útero ou de vulva, qualquer pessoa que tenha realizado transplante de órgãos.

6. Câncer de boca e garganta (Câncer de Orofaringe)

Aproximadamente 72% das neoplasias de orofaringe nos EUA são relacionados ao HPV. No Brasil, cerca de 25% dos casos de câncer de orofaringe foram relacionados ao HPV. Nesta situação incluem-se o câncer de garganta, câncer de palato mole, câncer de base de língua e de amígdalas. Este é um problema de saúde comum relacionado ao HPV em homens. Enquanto não existe um teste para detecção precoce deste tipo de câncer, pode ser precocemente identificado nas visitas regulares ao dentista.

 

Um abraço,

Dra. Alessandra Morelle