Prevenção do câncer de mama: o que você pode fazer hoje

Você conhece as medidas de prevenção do câncer de mama? Poucas mulheres sabem, mas é possível prevenir essa doença que deve atingir somente em 2018 cerca de 60 mil pessoas. A campanha do outubro rosa é essencial para incentivar as mulheres a fazerem o auto-exame das mamas com frequência e a mamografia anualmente.

Além de monitorar a presença do câncer de mama, o que já é uma forma de prevenção, existem outras maneiras de prevenir o aparecimento da doença. Em especial se você está em um grupo de risco, vale a pena ter cuidado com a sua saúde.

Grupos de risco do câncer de mama

Podem ser considerados grupos de risco para desenvolver câncer de mama os seguintes:

  • Sexo feminino (há apenas um caso de câncer de mama em homens a cada 100 casos em mulheres);
  • Acima de 45 anos;
  • Histórico familiar da doença;
  • Mulheres que não tiveram filhos ou tiveram após os 30 anos e ainda não amamentaram;
  • Mulheres que tiveram a primeira menstruação antes dos 12 anos;
  • Quem passou por radioterapia na região do tórax;
  • Uso de reposição hormonal;
  • Obesidade;
  • Ingestão regular – ainda que moderada – de álcool.

Passos para a prevenção do câncer de mama

Atualmente, é comum as mulheres adiarem a maternidade para depois dos 30 anos, amamentarem somente após esse período e fazer uso de reposição hormonal após a menopausa. Outros tantos fatores não podem ser evitados, como nascer mulher, o envelhecimento e a herança genética. Em casos em que muitos fatores de risco estão cruzados, um médico pode receitar algum medicamento para reduzir o risco de desenvolver a doença.

Também não significa que o câncer de mama não apareça em mulheres jovens, ou naquelas que não se encaixam em nenhum grupo de risco. Portanto, alguns hábitos saudáveis podem ser adotados para evitar a doença.

Alimente-se bem

Se a alimentação diversificada fosse um hábito universal, estima-se que entre 3 e 4 milhões de novos casos de câncer no mundo todo poderiam ser prevenidos. Não é à toa que é o segundo fator que mais causa câncer e que pode ser prevenido, perdendo apenas para o cigarro.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, a má alimentação é o fator responsável por 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento e tem relação com 35% das mortes pela doença. Por isso, é recomendável que você aposte em uma alimentação rica em nutrientes essenciais, aqueles que contribuem para a proliferação de células boas.

Exercícios físicos previnem o câncer

Já falamos aqui sobre o papel da atividade física na prevenção do câncer. Reforçar essa questão nunca é demais: são diversos os estudos que comprovam que a falta de atividade física atrai o câncer. Não é difícil imaginar o porquê.

Os exercícios físicos são fonte de saúde por auxiliar a oxigenação celular. Além disso, controlam a pressão arterial e evitam a obesidade, que são fatores de risco para o desenvolvimento do câncer. Assim, podemos resumir as principais medidas de prevenção do câncer de mama em rastreio, atividade física e alimentação saudável.

Espero que meu artigo tenha ajudado você a entender mais sobre a prevenção do câncer de mama.

Até a próxima!

Dra. Alessandra Morelle