Órgão humano descoberto recentemente pode ajudar a explicar como o câncer se espalha

novo órgão do corpo humano pode disseminar câncerUma rede recém descoberta de canais cheios de fluídos pode ser um órgão previamente desconhecido no corpo humano!

A notícia surpreendente é que ele pode ser o responsável por transportar as células cancerosas pelo corpo.

Essa descoberta foi feita ao acaso, devido a endoscopias de rotina (procedimento que insere uma câmera fina no trato gastrointestinal de uma pessoa).

As novas abordagens permitem que o médico use esse procedimento para obter uma visão microscópica do tecido que há dentro do intestino de uma pessoa.

Parece que os resultados foram surpreendentes.

A descoberta do novo órgão

A equipe esperava identificar que o ducto biliar está cercado por uma parece de tecido dura e densa. Porém, como resultado, fora descoberto um padrão estranho e inexplicável.

As descobertas foram levadas para Neil Theise, um patologista da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova York.

O doutor resolveu utilizar o mesmo dispositivo para observar a pele do seu próprio nariz. O que aconteceu foi o reconhecimento de um resultado semelhante aos descritos anteriormente.

Investigações posteriores de outros órgãos sugeriram que esses padrões são feitos por algum tipo de fluido que se move através de canais que estão presentes em todo o corpo!

O novo órgão serve como um amortecedor natural do corpo

O Dr. calculou que o tecido do corpo humano pode estar rodeado por uma rede desses canais. Essas redes, em conclusão, formam o órgão.

Estima-se que o órgão tenha cerca de um quinto do volume total de fluídos do corpo humano. Como resultado, foi observado que eles atuam como amortecedores no corpo.

O órgão em questão provavelmente nunca foi visto. Isso porque as abordagens padrão para processamento e visualização do tecido humano fazem com que os canais sejam drenados. Com isso, as fibras de colágeno que dão à rede a sua estrutura para entrar em colapso em si mesmas.

Isso faria com que os canais parecessem como uma parede dura de tecido protetor denso, em vez de uma almofada cheia de líquido.

Pode ser que o órgão seja responsável por transportar o câncer

Além de proteger os órgãos, a rede também, infelizmente, pode ajudar na disseminação do câncer. Quando a equipe analisou as amostras de pessoas com câncer invasivos, foram encontradas evidências de que as células cancerígenas que haviam saído dos tecidos originais poderiam penetrar nesses canais, o que os levou diretamente ao sistema linfático.

Uma vez que eles entram, é como se estivessem em um toboágua, afirmou Dr. Theise. Temos uma nova janela sobre o mecanismo de disseminação do tumor.

O que está sendo investigado no momento é a análise do fluido nesses canais. Parece que, talvez, eles podem estar relacionados a um possível diagnóstico precoce de câncer.

Os médicos acreditam que o órgão também pode estar envolvido em outros problemas, como por exemplo edema, doença hepática rara e outros distúrbios inflamatórios.

Trouxe esse artigo a partir de uma matéria em inglês que você pode ler na íntegra aqui, neste link: Newly discovered human organ may help explain how cancer spreads.

Alessandra Morelle