Geralmente, o público masculino resiste a consultar o médico quando percebe algum problema, principalmente quando o assunto está relacionado aos tipos de câncer exclusivamente masculinos – próstata, pênis e testículos. No entanto, o ideal é não esperar o aparecimento de sintomas, mas ter como rotina a visita ao urologista para o diagnóstico precoce. Para se ter uma ideia, a chance de cura no estágio inicial do câncer de próstata é de mais de 80%; no de pênis, entre 70% e 90%; e no de testículo, 99%.

Fatores de risco

No caso do câncer de próstata, a hereditariedade está entre os principais fatores de risco. Já o câncer de pênis tem como fatores de risco a presença de fimose, o tabagismo e o Papiloma Vírus Humano (HPV). Para o câncer de testículo os principais fatores de risco são a criptorquidia – quando o testículo não desce corretamente da cavidade abdominal (onde se desenvolve na vida uterina) para o escroto, atrofias, hereditariedade e infecção pelo vírus da AIDS.

Fique atento

O câncer de próstata, em geral, atinge homens com idade superior a 50 anos. É um tumor de crescimento lento e, em sua fase inicial, assintomático. Entre os sinais de alerta estão dor ou queimação ao urinar, jato urinário fraco, necessidade frequente de urinar e presença de sangue na urina. Na fase inicial do câncer de pênis, as células malignas ficam na camada superficial da glande. É comum o paciente confundir a lesão com uma DST. Entre os sintomas do câncer de testículo estão seu endurecimento ou aumento de tamanho e, nesse tipo de câncer, as células malignas surgem apenas na parte interna do órgão.

Ter como rotina a consulta anual ao urologista, observar o próprio corpo e fazer o auto-exame do testículo e do pênis em busca de qualquer alteração estão entre as medidas para o diagnóstico precoce. Quanto à próstata, o exame de toque retal e a medida sanguínea PSA são indicados para homens a partir dos 50 anos e, no caso daqueles que apresentam histórico familiar, a partir dos 40 anos.

Texto retirado de:

fonte: http://www.issem.com.br/