Felicidade traz saúde, apontam estudos

Você já deve ter ouvido falar que a felicidade traz saúde. Mais que um discurso meramente otimista, essa afirmação conta com respaldo científico.

Recente pesquisa divulgada em 2018 pela CVA Solutions, evidencia que 67% das pessoas consultadas que relatam ter uma vida feliz contam com boa saúde, independente da idade. Vale a pena conhecer mais dados sobre a pesquisa.

A prevenção é o melhor caminho

Entre os entrevistados que se identificavam como indivíduos felizes, 40% conta com o Índice de Massa Corporal – IMC dentro da normalidade, mais da metade pratica exercícios físicos regularmente e 64% vão a algum médico com frequência.

Outro fator que comprova que felicidade traz saúde é que, entre essas pessoas, 73% não contavam com nenhuma doença crônica e tinham expectativa de vida acima da média. De acordo com a pesquisa, a maioria das pessoas felizes é do sexo masculino (31%), sendo também o gênero com maior bem-estar e saúde (41,7%).

Para quem já passou dos 56 anos, saúde e felicidade são quase sinônimos:50,6% e 36,6%, respectivamente. Entre os jovens, há mais saúde (42,1%) que satisfação com a vida (30,9%).

Relação entre saúde e felicidade

Afinal, o que explica que felicidade traz saúde? Em um mundo que mal temos tempo de cuidar de nós mesmos, devido a tantas demandas externas, fica cada vez mais evidente que ambas estão ligadas intimamente.

Pense no bem-estar que você sente após passar um tempo entre amigos, ou após praticar exercícios físicos. Reflita também sobre quantas vezes você deixou de lado essas atividades porque outros compromissos exigiam a sua atenção.

Em 2017, um artigo publicado na Revista Time, baseado em mais de 150 estudos, elenca os motivos pelos quais saúde e felicidade estão relacionados. A primeira consideração é de que pessoas felizes tendem a cuidar mais de si mesmas. Esse auto-cuidado é refletido em bons hábitos alimentares, exercícios físicos regulares e boas noites de sono.

Entre as descobertas recentes e revolucionárias apontadas pelo artigo, estão a relação entre o bem-estar mental psicológico e a saúde das células. Foram estudados os tamanhos dos telômeros (extremidades dos cromossomos); quanto mais longos, maior a longevidade da pessoa, pois eles diminuem com o tempo.

De acordo com o artigo, também, a felicidade tem impactos positivos no sistema cardiovascular e imunológico, previne os processos inflamatórios, influencia diretamente os hormônios e acelera os processos de cicatrização. Portanto, cuidar da sua saúde faz que você viva mais e melhor.

Quais hábitos devo adotar?

Agora que você já sabe que felicidade traz saúde, que tal dar mais atenção para esta área da sua vida? As dicas são muito básicas, mas os resultados surpreendem:

  • Faça seu trabalho com dedicação, sempre focando nos pontos pelos quais você escolheu essa atividade;
  • Adote uma postura positiva diante dos seus relacionamentos;
  • Seja grato por tudo que você tem;
  • Separe momentos para ficar sozinho com você mesmo;
  • Dedique-se a um hobby;
  • Alegre-se todos os dias por algo, mesmo que seja um motivo pequeno.

Entre as atividades que sugiro para melhorar a sua qualidade de vida, estão a yoga e meditação. Entenda o porquê neste artigo.

Espero ter ajudado você a entender por que a felicidade traz saúde. Que este seja um incentivo para você fazer as mudanças necessárias rumo a mais saúde e bem-estar.

Até a próxima!

Dra Alessandra Morelle